Barris de vinho da Quinta da Pacheca vencem «Best of Wine Tourism 2020»

Wine Barrels, a mais recente oferta enoturística da Quinta da Pacheca, acaba de receber o prémio “Best of Wine Tourism 2020” na categoria de 'Arquitectura e Paisagismo'.

Os Barris de Vinho, que já constituem uma das ofertas turísticas mais diferenciadas do Douro e do País, têm merecido elogios na imprensa nacional e internacional. Situados num centro comercial novo arrancado num ponto alto da propriedade, os “barris gigantes” do arquitecto Henrique Pinto permitem uma vista deslumbrante sobre os hectares de vinha da quinta num ambiente reconfortante e idílico.

“Temos vindo a agregar prémios com esta ideia que iniciamos há alguns anos, numa prova clara de que a aposta foi ganha”, afirma Maria do Céu Gonçalves, coproprietária da Quinta da Pacheca. O reforço da oferta enoturística tem feito da empresa um dos mais importantes players do sector e a aposta é a de continuar, estando de momento a ser construído um novo edifício, num espaço contíguo ao actual The Wine House Hotel Quinta da Pacheca, com capacidade para mais 24 quartos. Uma piscina interior e exterior, um spa e uma nova sala de fitness complementam a oferta.
“Acreditamos que o Douro tem muito a crescer na área do turismo e queremos ser um dos líderes neste processo, com um serviço de excelência”, sublinha o proprietário.
O “Best of Wine Tourism”, um concurso mundial promovido pela “Great Wine Capitals Global Network”, já tinha atribuído à Quinta da Pacheca em três anos anteriores: em 2017 ganhou na categoria de melhor 'Restaurante Vino' em 2016 na categoria de 'Experiências Inovadoras em Enoturismo', e em 2015 na categoria de 'Alojamento'.

Publicação Mais Antiga
Publicação Mais Recente
Encerrar (esc)

Popup

Use este pop-up para inserir um formulário de inscrição na lista de e-mails. Como alternativa, use-o como um simples apelo à ação com um link para um produto ou página.

Estamos de regresso, em segurança!

Pesquisar

Carrinho

O seu carrinho de compras está neste momento vazio.
Começar a fazer compras